Destaque

O menino da lista de Schindler (Leon Leyson, Elisabeth B. Leyson e Marilyn J. Harran)

DSC00075

Já comentei algumas vezes aqui no blog que me interesso muito pela 2ª Guerra Mundial, e principalmente sobre a história de pessoas que viveram na época. Acho inspirador a força que essas pessoas tiveram, a situação que suportaram,o fato de continuarem tendo esperança e fazendo coisas incríveis mesmo quando estavam usando suas últimas forças. Por gostar do tema procuro livros que contam essas histórias, e apesar de não ter lido muitos até agora, estou procurando aumentar essa lista, tanto que li O garoto da lista de Schindler e vim falar um pouco dele aqui.

DSC00078

Em O garoto da lista de Schindler nós conheceremos o relato real de Leon Leyson que na época tinha 10 anos e morava com sua mãe e seus quatro irmãos, já que o pai para oferecer uma vida melhor a família, trabalhava e morava na Cracóvia. As condições melhoraram  e todos foram morar na Cracóvia, mas para a infelicidade da família a Polônia foi invadida em 1939 pelo exército Alemão. O que estava acontecendo? A 2ª Guerra Mundial.

Com o passar do tempo a situação só piorava. Foram transferidos para o gueto (bairro onde passaram a morar somente judeus), já não tinham a mesma liberdade e tudo foi ficando cada vez pior, até o ponto de terem que ir para um campo de concentração, onde a situação era precária.

Na época um alemão chamado Oskar Schindler estava empregando judeus para trabalhar em uma de suas fábricas. Oskar estava sempre tentado ajudar esses judeus, protegendo-os e tratando eles como pessoas normais, o que na época não acontecia. Entre os judeus que tralharam e foram salvos por Schindler estava Leon, e é essa história que conheceremos. Como Schindler os salvou, os momentos que Leon passou juntamente com a família e todas as dificuldades que enfrentou até alcançar a sonhada liberdade.

DSC00079
No final do livro encontramos imagens de Leyson, sua família, etc.

Sempre me emociono com livros do gênero, nem sempre choro mas é algo que me deixa pensativa, imaginando toda a dor da época. Com esse não foi diferente, principalmente porque na época Leon era uma criança e estava lidando com essa brusca mudança na sua vida, sua família sendo separada, praticamente não tendo o que comer, tendo que trabalhar para se manter vivo. É algo forte, principalmente quando se trata de uma criança que deveria estar vivendo sua infância.

DSC00076

Essa foi a primeira vez que fiz marcações em um livro, porque quando li eu senti que precisava ler aquelas frases novamente quando pegasse o livro, eu precisava lembrar. Sinceramente, acho que vou passar a fazer marcações em todos os livros, porque é ótimo relembrar aquela parte da história, uma frase…

Achei um ótimo relato, um livro emocionante. ótimo tanto para quem se interessa pelo tema quanto para os que só estão à procura de um bom livro para ler.

DSC00077
“Eles tão exuberantes, tão cheios de vida, e eu, a poucos metros de distância, exausto e deprimido, lutando para sobreviver por mais um dia.”

Anúncios