Ed Sheeran: Uma jornada visual

DSC00050

Uma resenha? Sim, uma resenha por aqui haha. Cheguei da viagem sábado mas só agora estou em casa mesmo. Confesso que não andei lendo muito nesses últimos tempos, e com essa viagem bagunçou ainda mais minhas leituras, mas consegui concluir um livro e por isso já vim falar dele por aqui.

DSC00049

Como já falei outras vezes aqui no blog, sou uma grande fã do cantor Ed Sheeran, e a muito tempo estava com vontade de ler o livro escrito por ele, mas a tradução do mesmo só foi lançada aqui no Brasil em novembro do ano passado, e eu só consigo a minha amada e preciosa cópia esse mês.

Hoje Ed Sheeran é um sucesso mundial, inspiração para muitos artistas que estão começando e para os fãs, mas obviamente nem sempre foi assim, para alcançar o sucesso atual, foi preciso passar por muitos momentos, trabalhar muito para alcançar esse sonho, ouvir aqueles “não” que são cruéis e desestimulantes…

DSC00055

Se você acha que esse é um livro onde saberemos tudo sobre a vida pessoal de Ed Sheeran, está muito enganado, o foco  do livro é a carreira do cantor, sua jornada que começou ainda na infância, onde a música já fazia parte da sua vida, até o momento em que Ed consegue se tornar uma grande influência no meio musical. Claro que saberemos um detalhe ou outro envolvendo a vida pessoal dele, mas o fato sempre estará ligado a sua trajetória.

Na minha opinião se esse fosse um livro onde falasse apenas da vida pessoal do Ed, eu ainda gostaria sim do livro, mas acho que não tanto como gostei com ele falando de sua carreira, porque é algo que realmente te da ânimo para correr atrás dos seus sonhos e buscar aquilo que você quer, até porque Ed deixou de uma pessoa que dormia no sofá dos amigos e as vezes até mesmo no metrô de Londres para ser umas das celebridades com menos de 30 anos mais bem pagas do mundo, mesmo sendo um cantor solo que faz suas apresentações acompanhado apenas de um violão.

DSC00052DSC00054

Durante a leitura, encontraremos diversas fotografias e ilustrações do cantor, todas feitas pelo seu amigo de longa data, o artista Phillip Butah, que ilustrou cd’s e EP’s do cantor. Isso com certeza deixa a leitura mais empolgante, assim podemos ver o momento relatado no livro e no situarmos mais no momento.

Esse se tornou um dos meu livros favoritos, não só por ser fã do Ed Sheeran, mas sim por toda inspiração que o livro me passou. Com certeza, Ed Sheeran: Uma jornada visual, não é um livro apenas para os fãs, acho uma leitura válida para todos, até porque, como eu já disse, não é um livro para falar da vida de Ed Sheeran, mas foi um livro feito para que nós possamos ver que qualquer pode alcançar seus sonhos, que mesmo quando parece que devemos desistir, porque não está dando certo mesmo, talvez seja o momento de insistir mais ainda, quem sabe as melhores oportunidades estão chegando…

DSC00053

Resenha: A menina que colecionava borboletas

DSC06860[1]

Depois de tanto ouvir falar dos livros da Bruna Vieira do famoso blog Depois dos Quinze, eu finalmente resolvi ler um dos livros escritos por ela e hoje vou contar o que achei.

DSC06858[1]

A menina que colecionava borboletas é um livro de crônicas que tem como tema principal o amor, paixões que acabaram e que ainda estão florescendo, fim de relacionamento e ainda encontraremos aquelas que falarão sobre a aceitação de si mesma.

DSC06850[1]

Através dos posts é perceptível que a blogueira tem uma ótima escrita, e o mesmo acontece no livro, na verdade é até melhor. As crônicas tem uma mistura de algo profundo e cativante, a maneira que ela escreve é ótima, sempre que terminava uma crônica já queria começar a ler outra, pois são muito boas, algo que você quer ficar tendo um contato.

DSC06851[1] DSC06852[1]

Os romances, as paixões, decepções e outros te deixam triste, fazendo com que você tenha uma ideia pelo que a pessoa do texto está passando e quando em um deles alguém se apaixona você fica feliz também, é algo que você se envolve, pois durante o livro inteiro é como se a Bruna estivesse conversando com você através de cada história.

Algo que também foi muito bom é que tinha sim textos onde a personagem parecia só respirar por conta do seu amor, mas também há aqueles que a escritora nos apresenta uma mulher independente que não liga para o que os outros falam, tudo passa e novas história surgem.

DSC06853[1] DSC06854[1] DSC06857[1]

O livro contém ilustrações lindas que tornam a leitura algo mais confortável ainda, e fizeram toda a diferença já que elas são relacionadas aos textos.

Sabe aquele livro que merece toda a propaganda que recebe? Esse é o caso de A menina que colecionava borboletas. Minha dica é que olhem no final do livro a lista de músicas que tem para você ouvir enquanto lê as crônicas, infelizmente eu só vi essa lista quando terminei a leitura então não pude conhecer a sensação. É só olhar nas páginas 150 e 151  e ver as músicas que a Bruna indicou para se ouvir durante a leitura.

DSC06849[1]

Gostei muito do livro e com certeza dei cinco estrelas e o coloquei na minha lista de favoritos, já quero inclusive ler os outros livros escritos pela Bruna.

                                                                     ♥

Acompanhe as redes sociais do blog

 Facebook Instagram ♥

Sem título